Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O blog da Kat

Importam-se de parar de reclamar?


Ontem faleceu um conhecido cantor, cuja obra marcou muita gente, e ainda por cima, no dia de Natal.

 

Foi sem dúvida uma perda para o panorama artístico.

 

Tal como já o foi o facto de outros grandes nomes nos terem deixado, tanto nacionais como internacionais.

 

É algo inegável.

 

Agora desde ontem só vejo posts em todo o lado a dizer que “o ano de 2016 foi horrível”, e “já podíamos passar para 2017 que este ano foi só coisas más” e sei-lá-mais-o-quê.

 

Todos passamos por momentos maus. Situações de saúde, situações nas relações pessoais, no emprego, na vida privada.

 

Mas se:

 

-  não perderam ninguém da vossa família ou círculo próximo de amigos

 

-  não tiveram nenhum problema de saúde grave, nem ninguém do ponto anterior

 

-  tiveram sempre o que colocar na mesa, e tiveram um tecto por cima da cabeça


Então se calhar vale a pena ver se não estamos a reclamar de barriga cheia...

 

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D